António do Sacramento Franco Charrua

(19-10-1953 - 16-05-2020)

Beja

51
10
0
6

Nome:

António do Sacramento Franco Charrua

Idade:

66 anos

Naturalidade:

Salvador - Beja

Local onde faleceu:

Domícilio em Beja

Data do Funeral:

16 de Maio de 2020 - 15,30

Local de Saída:

Cemitério de Beja

Cemitério:

Beja

INFO:

COVID-19-Devido ás recomendações em vigor pelo surto do Covid-19, não será realizado velório.

Preste o seu tributo, deixe uma mensagem

Seleccione uma das músicas sugeridas ou se preferir indique a sua.

(Formato: http://www.youtube.com/watch?v=PAWMJCFUiAZ)

Tributos

Conceição Ameixa

Via Web

Acendeu uma vela
As minhas Sentidas Condolências a toda a Família e que a Sua Alma Descanse em Paz.
Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música Mario Lginha e Caman é - Com que voz

Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música Mariza - Chuva

Maria Antonieta Escalinha

Via Facebook

Acendeu uma vela
Que em paz descanse.
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Ana Messias

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz à sua alma. Sentidos pêsames à família.
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela
Nunca pensei escrever-te uma carta com este sentido e, muito menos, para te fazer lembrar o tempo em que te conheci, já lá vão uns anitos, aí para 1969/70 altura em que o nosso amigo Xico Carvoeiras nos facultava alguns livros subversivos para a época e que também, em surdina, entoávamos alguns passos das canções de luta do Zeca Afonso, Adriano e Fanhais. Andavas a estudar para o exame ao Instituto e tinhas um grande amor, tal como eu, que me acompanhou por terras de África quando me mandaram defender um Portugal que ia do Norte a Macau. Hoje, quase 50 anos passados, digo-te que me acompanhaste por terras africanas quando fui de arma às costas na esperança de voltar. Levei-te comigo ! E, quando voltei, deixei-te conhecer os meus amigos. Andavas nessa altura às voltas com o Movimento de Esquerda Socialista e parecia que em Serpa andava tudo ao contrário..Sentia-se o PREC de forma intensa!! Depois os nossos filhos cresceram a ouvir-te....desde o berço, e aprenderam a nossa canção, a mais bonita de todas, ao ouvirem a Balada de Outono e/ou a Morte Saiu à Rua. Entretanto tornaste-te empresário industrial alimentaste o sonho, sempre o sonho! Depois andaste por Africa onde foste mais ou menos feliz, mais quatro rebentos e a tal menina que sonhavas. Também por estas bandas a tua paixão pessoal te sepultou no tempo com a sua intensa dor! Hoje, na chamada idade madura, diria mesmo muito madura continuava ouvir-te, não todos os dias....mas sempre que desejava. Quero agradecer-te os sonhos que partilhas-te comigo sempre com aquela vontade de permaneceres fiel aos mesmos, embora, muito simplesmente, não tivesses tido força interior suficiente para dizeres Não ao projecto pessoal que abraçaste. Por fim, dizer-te que sem ti, sem o teu carácter e o teu exemplo, eu não teria tido a possibilidade de crescer e ser o mesmo homem. Obrigado, António! Queria poder falar e continuar na eternidade do tempo embevecido a ouvir-te como só tu sabias encantar mas, nessa impossibilidade, fica aquele até um dia ou, mesmo, até nunca mas fica com aquele abraço de saudade permanente! Olha apetecia-me deixar-te uns versos do nosso Camões cuja letra “Com que Voz” musicada e cantada pelo Mario Laginha e o Camané é um testemunho da tua presença na minha existência! Com que voz chorarei meu triste fado Que em tão dura paixão me sepultou Que mor não seja a dor que me deixou O tempo, que me deixou o tempo De meu bem desenganado De meu bem desenganado Mas chorar não estima neste estado Aonde suspirar nunca aproveitou Triste quero viver, pois se mudou Em tristeza a alegria do passado A alegria do passado De tanto mal, a causa é amor puro Devido a quem de mim tenho ausente Por quem a vida e bens dele aventuro Por quem a vida e bens dele aventuro Com que voz chorarei meu triste fado Que em tão dura paixão me sepultou Que mor não seja a dor que me deixou O tempo, que me deixou o tempo De meu bem desenganado De meu bem desenganado
Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música

Dedicou uma música Sarah Brightman & Andrea Bocelli - Time to Say Goodbye

JOAQUIM FRANCISCO LAURINDO MACHADO

Via Web

Ofereceu uma flor
Para vos irmãos amigos de longa data .
JOAQUIM FRANCISCO LAURINDO MACHADO

Via Web

Acendeu uma vela
Que descanse em Paz . Os meus sentimentos a toda a família. Que Deus o receba como mereceu na sua vida .
Arsénio Perdigão

Via Facebook

Acendeu uma vela
Sentidos pêsames á toda a familia
Domingos Charrua

Via Web

Acendeu uma vela
Obrigado a todos os amigos que prestaram homenagem ao meu querido irmão. Que encontre a paz e descance para todo o sempre.
Teresa Frazao

Via Facebook

Acendeu uma vela
Os meus sentidos pêsames a toda a familia.
Maria Luísa Casola

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz. Sentidos pêsames a toda a família.
Lucilia Perdigao

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz, sentidos pêsames a toda a família.
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Francisco José Martins Lança

Via Web

Acendeu uma vela
Os meus sentimentos à família do Charrua.
Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música

Dedicou uma música Israel "IZ" Kamakawiwo'ole - Somewhere over the Rainbow

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Conceição Carvalho

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz e luz
Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música

Dedicou uma música jose afonso - canção de embalar

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Lucinda Silva

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz sentidos pêsames aos familiares
Maria Santos

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em Paz
Palmira Fernandes

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz
Cisse Deodato

Via Facebook

Acendeu uma vela
Páz na sua alma amém.
Angela Gois

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz á sua alma
Ermelinda Pinhão

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz sua alma
Francisco Pereira

Via Facebook

Acendeu uma vela
Que descanse em paz,,,
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

A.Ribeiro

Via Web

Acendeu uma vela
Que Deus lhe de o eterno descanso.Os meus pesames a toda a familia
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela
Tenho boas recordações. Um abraço
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Ana Pereira

Via Web

Acendeu uma vela
Os meus sentidos pêsames para a família.
Angelita Pereira

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz
Barbara Pinhão

Via Web

Acendeu uma vela
Pedro um beijinho para ti e teus irmãos,sinto muito,beijinho
Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Maria Carocinho Jesus

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz pêsames à família enlutada
Amelia Guilhermino

Via Facebook

Acendeu uma vela
Que sua alma descanse em paz sentimentos a família força coragem
Maria Rosa

Via Facebook

Acendeu uma vela
Descanse em paz
Autor desconhecido

Via Web

Dedicou uma música

Dedicou uma música Mariza - Chuva

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Maria Alice

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz à sua Alma
Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Antonio Casaca

Via Facebook

Acendeu uma vela
Os meus sentimentos.
Autor desconhecido

VIA APP PAX-JÚLIA MOBILE - iOS

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Maria Sacramento

Via Facebook

Acendeu uma vela
Paz à sua alma
Autor desconhecido

Via Web

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Autor desconhecido

Via Web

Ofereceu uma flor

Ofereceu uma flor

Paulo Jorge Dinis Dinis

Via Facebook

Acendeu uma vela
As minhas condolências para toda a família descansa em paz
Autor desconhecido

VIA APP PAX-JÚLIA MOBILE - ANDROID

Acendeu uma vela

Acendeu uma vela

Henrique Monte

Via Facebook

Acendeu uma vela
Os meus sentimentos á família.
Agência Funerária Pax-Júlia - Beja

Via Web

Acendeu uma vela
Neste momento de dor e despedida, apresentamos as nossas mais sinceras condolências à família enlutada.